Violeiro Fábio Porte apresenta a obra de Ernesto Nazareth

O violeiro jundiaiense Fábio Porte apresenta neste sábado (04/08), às 16h30, no Sesc Campinas, mais um show em homenagem a um dos principais compositores brasileiros, o pianista Ernesto Nazareth. Trata-se de um trabalho inédito sobre a obra de Nazareth com adaptações das composições na viola caipira. A entrada é gratuita.

As canções fazem parte do terceiro CD de Porte, lançado no final de em 2017, com o título “Fábio Porte Interpreta Ernesto Nazareth” que tem sido elogiado pela crítica especializada e vem atraindo a atenção do público. Com este trabalho inovador, Porte comprova a originalidade e versatilidade da viola caipira como instrumento de composição, execução e acompanhamento. O álbum integra o Projeto Choro Caipira que visa homenagear outros compositores e está disponível nas plataformas digitais.

Apaixonado por viola caipira e pela obra Ernesto, o músico jundiaense iniciou a carreira influenciado pelo pai, Luiz Porte, e já lançou os álbuns “Jacarandá do Brasil” (2013) e “Trilhos da Vida” (2015). Em entrevista exclusiva ao Acontece Jundiaí, o músico contou que o pianista a compositor carioca foi o criador do ‘tango brasileiro’ e compôs músicas de sucesso como “Odeon”; “Brejeiro”, maior sucesso da vida do músico, e também “Ouro sobre Azul”, “Nenê”, Matuto”, “Flourax”, “Primorosa”, “Escovado”, “Suculento”, “Furinga”, “Eponina”, entre outros clássicos.

“Ernesto Nazareth revolucionou a forma de tocar piano e é um compositor virtuoso, de uma grandeza musical admirável e talento reconhecido no mundo todo”, explica. Sobre o álbum, ele detalha que a proposta foi misturar a viola com o baixo acústico e a percussão, assim como o regionalismo e a música de Ernesto que vai do erudito ao popular. “Encontramos uma sonoridade para o projeto que é uma vertente diferente da viola introduzida no choro que é o primeiro movimento brasileiro urbano”, destaca.

Além de Porte que assume a viola caipira, também sobem ao palco os músicos Fabio Mandika (violão sete cordas),  Isaías Amorim (o baixo acústico) e Jonatan Carvalho Goes (bateria e percussão). Para saber mais sobre o trabalho de Fábio Porte, acesse. http://www.fabioporte.com.br/ e acompanhe pelas Redes Sociais.

 

Ellen Fernandes
Foto: Tércio Esperandio 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *