Sesc Jundiaí apresenta Um Novo Olhar – Festival de Artes para a Primeira Infância

No mês das crianças, o Sesc Jundiaí presenteia os pequenos com uma programação elaborada especialmente para eles. Entre os dias 11 e 21 de outubro, a unidade apresenta Um Novo Olhar – Festival de Artes para a Primeira Infância, uma iniciativa com o objetivo de difundir e fomentar as produções artísticas feitas para o público infantil de 0 a 6 anos.

Na agenda, mais de 30 atividades como apresentações teatrais, circenses, musicais, sessões de cinema, uma instalação interativa (Mirantes, de Stela Barbieri), ateliês, oficinas de criatividade e, para os adultos – pais, educadores e o público interessado em geral -, atividades formativas como bate-papo, palestra e workshop para refletir e discutir o universo infantil.

A abertura do evento, dia 11, às 19h, conta com a presença de Dib Carneiro Neto, jornalista, editor do site ‘Pecinha É A Vovozinha’ e crítico teatral, para um bate-papo com o tema “Por que Artes para a Primeira Infância?”.

Dentre as mais de 30 atrações, sendo todas elas gratuitas para crianças de até 12 anos, é possível destacar a instalação interativa Mirantes, da artista Stela Barbieri, que oferece estruturas e complexidades reais e imaginárias para que crianças, jovens e adultos de qualquer idade possam experimentar suas possibilidades e inventar outras.

No feriado de 12 de outubro, dia das crianças,  às 17h, o grupo Mawaca conduz a plateia por uma viagem ao redor do planeta com danças, músicas e projeções.

No dia 13, em duas sessões (às 15h e às 17h), o espetáculo internacional Hannà e Momò (do grupo Principio Attivo Teatro), vem da Itália para encantar a público infantil do Sesc Jundiaí.

No dia 18, também em dois horários (às 15 e às 19h), é a vez do Coletivo Antônia, de Brasília, apresentar o espetáculo circense Bubuia, livremente inspirado na Terceira Margem do Rio, de Guimarães Rosa.

Dia 19, em mais uma sessão dupla (às 15 às 19h), o palco é da Muovere Cia de Dança, do Rio Grande do Sul, que apresenta seu espetáculo Tóin – Dança para bebês.

E nos dias 13 e 20, sessões de cinema, com o Núcleo de Cinema de Animação de Campinas.

Serviço

Confira a programação completa do Novo Olhar – Festival de Artes para a Primeira Infância:


UM NOVO OLHAR – FESTIVAL DE ARTES PARA A PRIMEIRA INFÂNCIA

De 11 a 21 de outubro

ABERTURA

UM NOVO OLHAR: POR QUÊ ARTES PARA A PRIMEIRA INFÂNCIA?
Como abertura do Festival “Um Novo Olhar – Festival de Artes para a Primeira Infância”, a proposta é explanar alguns aspectos pertinentes à escolha
da primeira infância como tema e faixa etária de uma ação que prevê apresentações artísticas em diferentes linguagens e atividades formativas para
artistas, educadores, pais e interessados em geral. O bate-papo contará com a presença de Dib Carneiro Neto, jornalista, editor do site ‘Pecinha É A
Vovozinha’ e crítico teatral.

Dia 11. Quinta, 19h
Teatro | 220 lugares | Livre | Grátis
Retirada de ingressos 1h antes, na Central de Atendimento.

INSTALAÇÃO

MIRANTES

De Stela Barbieri, artista plástica e consultora nas áreas de educação e artes. Um miradouro ou mirante é um local elevado onde se descortina um
panorama. Pode ser artificial como uma torre de observação ou um edifício – ou natural, tal qual uma montanha. Lugar de inventar vários mirantes,
de ferro, palito, paus, panos, escadas e placas, mirantes faróis, mirantes cavernas, elevados de propósito, encontrados prontos. Os mirantes tem
diferentes estruturas e complexidades para que crianças, jovens e adultos de qualquer idade possam experimentar suas possibilidades e inventar
outras. 
De 12/10/18 a 24/2/19. Terça a sexta, 9h às 21h30. Sábados, domingos e feriados, 10h às 18h30

Área de Exposições | Livre | Grátis
Agendamento de grupos pelo email: agendamento@jundiai.sescsp.org.br

ESPETÁCULOS

PELO MUNDO COM MAWACA [SP]

O show oferece um leque de possibilidades sonoras e conteúdos de cada música do seu repertório multicultural, mostrando grande versatilidade
entretendo a plateia mirim. As cantoras alinham as canções com histórias relativas e levam todos à uma viagem musical por diversos lugares do
mundo como França, Albânia, Tanzânia, Índia, Portugal, Israel e Brasil,numa trama de sons e fios de histórias que se entrelaçam em um repertório
multicultural que vai desde o canto medieval francês D’ou Viens Tu Bergère até a animada Eh Boi! do norte do Brasil.
Dia 12. Sexta, 17h

Ginásio | 1000 lugares | Livre
R$ 5,00 | R$ 8,50 | R$ 17,00
Grátis para menores de 12 anos, com retirada de ingressos.
Duração: 60 minutos

 HANNÀ E MOMÒ [ITÁLIA]
Duas menininhas sentadas em frente uma da outra, à beira de um grande círculo de areia, brincam de inventar. Uma história pontuada por ações
e reações contínuas, na qual borboletas de papel, quebra-cabeças para resolver, tesouros a serem descobertos envolverão as duas protagonistas
nessa história sobre a amizade. Idealização: Cristina Mileti. Com Cristina Mileti e Francesca Randazzo, do Princípio Attivo (ITA).

Dia 13. Sábado, 15h e 17h
Ginásio | 120 lugares | Livre
R$ 5,00 | R$ 8,50 | R$ 17,00
Grátis para menores de 12 anos, com retirada de ingressos.
Duração: 60 minutos

BURACO [RJ]
Buracos são frestas, vazamentos, são passagens para outros lugares, são portais para outros mundos. Em Buraco tudo é furado e tudo fura. Tudo
é para atravessar, para sair ou entrar, para cair dentro, para permanecer, para desaparecer. Buraco é uma aventura da matéria. Cabe um mundo.
Concepção e direção: Elisabete Finger. Criação: Elisabete Finger, Cinira Macedo, Jamil Cardoso e Sandro Amaral.
Público alvo: crianças de 2 a 6 anos.
Dia 14. Domingo, 16h

Teatro | 220 lugares | Livre
R$ 5,00 | R$ 8,50 | R$ 17,00
Grátis para menores de 12 anos, com retirada de ingressos.

Duração: 45 minutos

HUMANIMAL [SP]
A força da criatividade infantil e sua mente infinita, brinca com as invenções e transformações a partir do que parece ser ‘o nada’, mas revela, em
surpresas, um mundo  novo  e  único! O  espetáculo  transita  pela fina fronteira que há entre o ser humano e o animal, conduzidas pelo universo
circense e musical. Com Circo da Silva.
Público alvo: crianças até 6 anos.
Dias 16 e 17. Terça e quarta, 10h30

Sala Múltiplo Uso 2 | 15 duplas (criança + adulto de referência) | Livre | Grátis
Retirada de ingressos 1h antes, na Central de Atendimento.
Duração: 60 minutos

TERRA [SP]
Uma mulher pisa na terra. Fazia tempo que não sentia a terra nos seus pés. Ao senti-la, lembra do carinho que brota da terra. Inspirado na ideia
de que as crianças costumam enterrar coisas que lhes são significativas, o texto fala de memória, dos laços afetivos e do  amor que está dentro
de todos nós e que é a base de todo ser humano. Texto, direção e interpretação: Sandra Vargas. Direção musical e músicas originais: William
Guedes.Com Grupo Sobrevento.
Público Alvo: crianças até 6 anos.
Dia 16. Terça, 15h e 19h
Teatro | 15 duplas (criança + adulto de referência) | Livre
R$ 5,00 | R$ 8,50 | R$ 17,00
Grátis para menores de 12 anos, com retirada de ingressos.
Duração: 30 minutos

 NINHOS [SP]
Ninhos p arte da ideia  do  lugar onde tudo começa e pode retornar. Vai e vem. Voa, salta, corre! E volta para o aconchego, o alimento, a segurança.
Brincadeiras de crianças confundem-se com movimentos de animais remetendo à similaridade entre movimentações de diferentes espécies. Nesse
jogo, os ninhos são os espaços  de  recolhimento onde são fortalecidas as relações mais sutis, íntimas e subjetivas, tão importantes para os voos da
criança. Com Balangança Cia.
Dia 17. Quarta, 15h e 19h
Área de Convivência | Livre | Grátis
Duração: 50 minutos

BUBUIA [DF]
Com quantos baldes se faz um rio? O balão pode afundar com uma pedra dentro e o vento empurra pras margens de lá. O espetáculo é uma livre
inspiração do conto ‘A Terceira Margem do Rio’, de Guimarães Rosa. Direção Artística: Beatrice Martins, Daniel Lacourt e Julia Henning.
Dramaturgia: Coletivo Instrumento de Ver e Coletivo Antônia.
Público Alvo: crianças até 6 anos.
Dia 18. Quinta, 15h e 19h
Teatro | 15 duplas (criança + adulto de referência) | Livre
R$ 5,00 | R$ 8,50 | R$ 17,00
Grátis para menores de 12 anos, com retirada de ingressos.
Duração: 40 minutos

MERGULHO [SC]
O espetáculo conta a história de duas pessoas que vivem em universos diferentes, ele na terra e ela no mar, que buscam, se encontrar.  Utiliza
como ferramenta técnica a projeção digital atrelada ao som, um meio que viabiliza uma linguagem sensorial e imagética e que permite uma
série de possibilidades de interação entre cena e plateia, entre imagem e os sentidosdo espectador. Com Eranos Círculo de Arte.
Público Alvo: crianças de 1 a 6 anos.
Dias 18 e 19. Quinta e sexta, 10h30

Sala Múltiplo Uso 2 | 15 duplas (criança + adulto de referência) | Livre | Grátis
Retirada de ingressos 1h antes,na Central de Atendimento.
Duração: 30 minutos

TÓIN – DANÇA PARA BEBÊS [RS]
O espetáculo é uma exibição artística com coreografias inspiradas em textos e figuras de autores contemporâneos; situações cotidianas e
vídeos infantis. ‘Tóin’ priorizou um conjunto de referências pautadas no corpo, como os primeiros sinais que o bebê manifesta através de
gestos e movimentos dançados, com trilha original de Marcelo Delacroixe Beto Chedid.Com Muovere Cia. de Dança.
Dia 19. Sexta, 15h e 19h

Teatro | 40 lugares | Livre
R$ 5,00 | R$ 8,50 | R$ 17,00
Grátis para menores de 12 anos, com retirada de ingressos.
Duração: 45 minutos

O QUE EU SONHEI [SP]
Concebido e elaborado para crianças pequenas e seus familiares, o espetáculo faz um convite ao mundo dos sonhos. A peça, misto de teatro
e dança, propõe uma abordagem sensível de ações cotidianas relacionadas ao adormecer. A linguagem verbal é substituída pela experiência
sensorial, calcada na simplicidade dos gestos e na singularidade da criança que constrói seu entendimento do mundo. Com a Cia. Zin.
Dia 20. Sábado, 17h

Teatro | 220 lugares | Livre
R$ 5,00 | R$ 8,50 | R$ 17,00
Grátis para menores de 12 anos, com retirada de ingressos.
Duração: 45 minutos

A MÚSICA PERTO DE MIM [SP]
O pianista Fabio Torres reúne um time de grandes nomes da música instrumental para apresentar uma breve história da Música Popular Brasileira,
para pais e filhos. Os músicos convidam as crianças ao palco para observar os instrumentos de perto e descobrir como o som é produzido em cada
um deles. Com Fábio Torres, Toninho Ferragutti, Alexandre Ribeiro, Daniel D’Alcântara, Vana Bock, Zelie Cléber Almeida.
Dia 21. Domingo, 17h

Teatro | 220 lugares |  Livre
R$ 5,00 | R$ 8,50 | R$ 17,00
Grátis para menores de 12 anos, com retirada de ingressos.
Duração: 90 minutos

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

ACONCHEGO 
A contação de histórias para bebês ou público de primeiríssima infância (0 a 3 anos) envolve pinceladas de cores, sons, texturas e movimentos.
Respeitando o ritmo de cada um vamos através de alguns gestos vivenciar esta magia contando com instrumentos acústicos e melódicos.
Dia 12. Sexta, 10h, 12h, 16h e 17h

Teatro | 20 duplas (bebê + adulto de referência) | Livre | Grátis
Retirada de ingressos 1h antes, na Central de Atendimento.
Duração: 40 minutos

BATE-PAPOS

FORMAÇÃO CULTURAL NA PRIMEIRA INFÂNCIA: A CRIANÇA COMO UM SUJEITO DE CULTURA
Essa  mesa  será  composta  por:  Juliana Ferrari –  Psicóloga, Mestre  em  Psicologia  Escolar e do Desenvolvimento Humano pela USP. Pesquisadora da
autoridade e  da  autonomia  nas  relações  educacionais. Sobrevento – Grupo de teatro brasileiro, criado em 1986, é considerado, internacionalmente,
um dos maiores expoentes brasileiros do Teatro de Animação. Circo da Silva – Criado e dirigido por Paula Preiss e Arturo Cussen, em 2006, comemora
11 anos de existência focados na mistura de Teatro, Música e Circo.
Dia 16. Terça, 20h

Biblioteca | 70 pessoas | Livre | Grátis

UM NOVO OLHAR: AS ARTES EM PAUTA NOS PROCESSOS EDUCATIVOS DA PRIMEIRA INFÂNCIA
Bate-papo voltado para educadores, pais, artistas e interessados. Com Márcia Aparecida Gobbi, professora da Faculdade de Educação da Universidade
de São Paulo. Atualmente dedica-se a investigar representações e criações da infância em luta  por moradia  em  ocupações  na  cidade de São Paulo e
atua em formação de professores e ensino de sociologia.
Público alvo: educadores, pais, artistas e interessados.
Dia 17. Quarta, 13h30 e 15h

Teatro | 220 lugares | Livre | Grátis
Retirada de ingressos 1h antes, na Central de Atendimento.

AS ARTES E AS EXPERIÊNCIAS EDUCATIVAS: UM DIÁLOGO POSSÍVEL
Essa mesa será composta por: Susana Macedo Soares – Especialista em Educação Infantil pelo Instituto  Vera Cruz  trabalha, desde 2004, com  formação
continuadade educadores. Balangandança Cia cria seus trabalhos há 20 anos. Inventa danças e um “jeito de corpo” para crianças, que aposta no Brincar.
Elisabete Finger é performer e coreógrafa. Foi co-fundadora e integrantedo Couve-Flor Minicomunidade Artística Mundial (2005-2012). 
Dia 17. Quarta, 20h

Biblioteca | 70 pessoas | Livre | Grátis

DESBRAVAR NOVOS MUNDOS: CRIANÇAS COMO PEQUENOS GRANDES ARTISTAS
Essa mesa será composta por:Gandhy Piorski – mestre em Ciências da Religiões. Pesquisador das práticas da criança na área de antropologia do imaginário
e produções simbólicas. Coletivo Antônia – criado em 2009 a partir das investigações teatrais para a primeira infância. Em suas criações, o grupo promove
o teatro como experiência, possibilitando situações em que o espectador  conduza  seu  próprio  olhar.  Eramos  Círculo  de Arte – coletivo  de artistas  que
produz e pesquisa arte com interfaces entre teatro de rua e de animação, performance, audiovisual e fotografia.
Dia 18. Quinta, 20h

Biblioteca | 70 pessoas | Livre | Grátis

A FRUIÇÃO ARTÍSTICA NA PRIMEIRA INFÂNCIA: TERRENO DE DESEJOS
Essa mesa será composta por:  Cláudia  Araújo Silva –  mestre  em  psicologia  escolar e do desenvolvimento humano pela Universidade de São Paulo.
Trabalha com treinamento e formação de pessoas há 15 anos. Muovere Cia da Dança – vive seus 30 anos de atividades atuando em criação, produção,
formação e pesquisa em dança.
Dia 19. Sexta, 20h

Biblioteca | 70 pessoas | Livre | Grátis

WORKSHOPS

A MEDIAÇÃO DE LEITURA PARA A PRIMEIRA INFÂNCIA
A mediação de leitura para primeira infância favorece o desfrutar e prazer da leitura pela criança e pelo adulto. No workshop a facilitadora abordará os
temas: as fases de desenvolvimento da criança, critérios de escolha, pequenos gestos que acompanham a leitura, ritmo e repetição entre outros temas.
Vamos refletir  sobre  o livro-brinquedo  (de plástico,  para  ler  no banho,  de  tecido, pop-up  ou com  abas), os  livros informativos-educativos e o livro
ilustrado  para a infância. Ao final o adulto sentirá confiança para preparar um cardápio saudável e delicioso para o bebê se nutrir e brincar.
Público alvo: para pais, mães e educadores.
Dia 13. Sábado, 10h às 13h

Sala Múltiplo Uso 2 | 20 vagas | 18 anos | Grátis
Retirada de ingressos 1h antes, na Central de Atendimento.

ATELIÊS

PARA COMEÇAR: ARTE COM BEBÊS E CRIANÇAS PEQUENAS – ATELIÊ PARA PAIS E EDUCADORES
A partir de uma abordagem multissensorial, serão investigadas as experiências dos bebês e crianças pequenas no encontro com a arte. A atividade terá
um  formato  prático  reflexivo, com  exposição oral, de  imagens, de  vídeos e  conversas;  ateliê de percurso e  produção  coletiva das  tintas artesanais.
Com Diana Tubenchiak, educadora, pesquisadora e consultora em arte educação.
Dia 18. Quinta, 19h às 21h30

Sala Múltiplo Uso 1 | 30 vagas | 18 anos | Grátis
Inscrições na Central de Atendimento (Credencial Plena: 2/out. Demais interessados: 3/out)

BRINQUEDOS SONOROS
A atividade traz uma forma divertida de construir brinquedo sonoro com diferentes sonoridades produzidas pelo uso de materiais inusitados, como funil,
colher, guizos, balões, luvas e perceber que eles reproduzem sons parecidos com vozes de animais e fenômenos da natureza quando tocados de maneira
rítmica e harmoniosa. Com Vera Campaner, artista e educadora.
Dia 21. Domingo, 10h30 às 13h30 e 14h30 às 17h30

Espaço de Tecnologias e Artes |50 vagas | Livre | Grátis
Inscrições no local, 1h antes. Atividade não sequencial.

EXIBIÇÕES

MOSTRA NÚCLEO DE CINEMA DE ANIMAÇÃO DE CAMPINAS 
PROGRAMA 1

Lembranças | Dir.: Jovens da Guardinha de Jundiaí, 2010, 4min.
Raspa Tacho | Dir.: Crianças do Sesc Campinas, 2011, 4min.
Sabia | Dir.: Professoras da Rede Pública de Campinas, 2010, 3 min.
Quem Sabe | Dir.: Wilson Lazaretti, 2001, 5 min.
Miado | Dir.: Maurício Squarisi, 2001, 11 min.
A Velha a Fiar | Dir.: Professoras da Rede Pública de Campinas, 2003, 5 min.
Dia 13. Sábado, 11h
Teatro | 220 pessoas | Livre | Grátis
Retirada de ingressos 1h antes, na Central de Atendimento.

PROGRAMA 2
O Amigo da Onça | Dir.: Crianças de Escolas Públicas de Jundiaí, 2011, 3 min.
Ao Pé de Limeira | Dir.: Jovens de Limeira, 2000, 2 min.
Os Hai-Kais do Príncipe | Dir.: Maurício Squarisi, 2009, 14 min.
O Burrico e o Bem-Te-Vi |Dir.: Maurício Squarisi, 2008, 7 min.
A Gata Borralheira | Dir.: Wilson Lazaretti, 2001, 8 min.
Dia 20. Sábado, 11h
Teatro | 220 pessoas | Livre | Grátis
Retirada de ingressos 1h antes, na Central de Atendimento.

OFICINAS
Público alvo: crianças até 6 anos, acom­panhadas de um adulto de referência.

CIRANDAR
O brincar é mágico e quando colocamos uma ciranda para tocar, a brincadeira fica muito mais divertida. Explorar as possibilidades de sons do
nosso corpo, e conhecer um pouco mais sobre a cultura do nosso país nunca foi tão divertido. Com Rafaela Leal.
Dias 7 e 28. Domingos, 10h às 19h

Espaço de Brincar | Livre | Grátis

CABANAS BACANAS 
Tendo materiais e objetos do cotidiano como apoio, a ideia é confeccionar uma instalação lúdica com tecidos coloridos e estampados, um grande
acampamento com cabanas aconchegantes que acomodem as famílias participantes e seus vizinhos/visitantes – outras crianças participantes.
Com Coletivo Engenharia Lúdica.
Dia 12. Sexta, 10h30 às 13h30 e 15h às 18h

Espaço de Tecnologias e Artes | 15 duplas | Livre | Grátis
Inscrições no local, 1h antes. Atividade não sequencial.

BRINCADEIRAS EM ALTO MAR
Utilizando tecidos leves e sobrepostos, um grande mar é simulado e, nele, as crianças são estimuladas a “nadar”, “mergulhar” e  viver aventuras.
Grandes barcos de papel (confeccionados em dobradura, com buraco central e alça para vestir) são disponibilizados para que as crianças possam
navegar e brincar coreograficamente, encenando historias inventadas. Com Coletivo Engenharia Lúdica.
Dia 13. Sábado, 10h30 às 13h30 e 15h às 18h
Espaço de Tecnologias e Artes | 15 duplas | Livre | Grátis
Inscrições no local, 1h antes. Atividade não sequencial.

ANIMAÇÃO – BRINQUEDOS ÓPTICOS 
São aparelhos criados no início do século XIX para se fazer animação. As crianças e adultos que participarem da oficina vão criar o Taumatroscópio,
que chamamos de “Pirulito Animado” e o Zootroscópio, também  chamado  de  “Roda  da  Vida”. Os  brinquedos produzidos na oficina podem ser
levados para casa.Com o Núcleo de Cinema de Animação de Campinas.
Dia 13. Sábado, 14h às 17h

Sala Múltiplo Uso 2 | 45 duplas | Livre | Grátis
Inscrições no local, 1h antes.

TELETRANSPORTE INTERGALÁCTICO
Com tecidos transparentes e luzes piscantes, criamos um clima espacial para que os participantes experimentem uma viagem intergaláctica.
Primeiro passam por um “túnel de teletransporte” contendo máscaras, tecidos e adereços de transformação (para entrarem de um jeito  e
saírem de outro), depois, conforme a imaginação, os viajantes visitam outros planetas, outras galáxias. Com Coletivo Engenharia Lúdica.
Dia 14. Domingo, 10h30 às 13h30 e 15h às 18h

Espaço de Tecnologias e Artes |15 duplas | Livre | Grátis
Inscrições no local, 1h antes. Atividade não sequencial.

ANIMAÇÃO – DESENHO ANIMADO 
Oficina de desenho animado, também chamado de “2D”. Monta-se um estúdio com pranchetas-de-luz, scanner e computador com programas
adequados para essa técnica. Os participantes criam seqüências de animação desenhando no papel. Esses desenhos são digitalizados, através
de scanner, gerando vídeos de animação. Com o Núcleo de Cinema de Animação de Campinas.
Dia 14. Domingo, 14h às 17h
Sala Múltiplo Uso 2 | 45 duplas | Livre | Grátis
Inscrições no local, 1h antes.13

DO BARULHO
A atividade conta com uma série de propostas acerca do som. A programação surge à partir da observação das brincadeiras com sons que
acontecem dentro do Espaço de Brincar, do interesse das crianças pelos instrumentos musicais presentes no acervo e pelas sugestões de
familiares em atividades que envolvam a musicalização infantil. Com educadores do Sesc.
Dias 19 e 26. Sextas, 14h às 15h

Espaço de Brincar | Livre | Grátis

ANIMAÇÃO – SOMBRAS CHINESAS
Monta-se uma bancada com papel para esboços, cartões, material de desenho e tesouras para os participantes criarem suas figuras em
recortes. Em outra bancada, monta-se uma mesa multiplano com câmera digital para filmagem dos recortes. Os participantes vão criar
suas figuras e filmá-lasna mesa multiplanos.Com o Núcleo de Cinema de Animação de Campinas.
Dia 20. Sábado, 14h às 17h

Sala Múltiplo Uso 2 | 45 duplas | Livre | Grátis
Inscrições no local, 1h antes.

MÚSICA E MOVIMENTO PARA BEBÊS E FAMÍLIAS
Desenvolvida em clima afetuoso, lúdico e descontraído a oficina propõe atividades musicais e de movimentação corporal que estimulam
a sensibilidade, a expressão, o raciocínio, a socialização, a sensibilização musical, entre outros atributos que colaboram na formação do
indivíduo. As aulas incentivam, também, o toque afetivo  do  adulto  com  a criança,  através de danças, brincadeiras e massagens. Com
Marina Siqueira, musicista e psicóloga psicodramatista.
Dia 20. Sábado, 10h30 e 11h30 

Sala Múltiplo Uso 2 | 12 duplas (bebê + adulto de referência) | Livre | Para bebês de 6 a 18 meses | Grátis

ANIMAÇÃO – STOP MOTION COM MASSINHA
Os participantes criam seus bonecos e outras figuras na bancada de produção e, em seguida, os filmam no Set de filmagem, gerando,
também, pequenos vídeos de animações. Com o Núcleo de Cinema de Animação de Campinas.
Dia 21. Domingo, 14h às 17h

Sala Múltiplo Uso 2 | 45 duplas pessoas | Livre | Grátis
Inscrições no local, 1h antes.

VIVÊNCIAS

CANTINHO DO ACONCHEGO
Um cantinho aconchegante para estar, compartilhar, escutar e tranquilizar o coração. Ambiente preparado para receber famílias,
mães, pais e cuidadores (as), com bebês de 0 a 2 anos. Entre 14h e 16h, contará com a mediação de profissionais especializadas
em  temas pertinentes à primeiríssima infância:  puerpério,  amamentação, massagem  para  bebês,  rotinas  de sono,  picos  de
crescimento e desenvolvimento.
De 13 a 21. Terça a sexta, 10h30 às 20h. Sábados e domingos, 10h30 às 18h

Foyer do Teatro | Livre | Grátis

MEDIAÇÃO E LEITURA
O que pretendemos com esta proposta é oferecer um espaço que chamamos de sessão de mediação de leitura de textos literários. Pois
acreditamos que para ser leitor é preciso desejar sê-lo. Para desencadear esse desejo  é  preciso  mostrar  que  a  leitura  e  as histórias
são isentas  de  obrigações  e  podem  estar  ligadas  ao  prazer. Não   se   pode   impor  o  gosto  por alguma  coisa, mas sim possibilitar
que as pessoas conheçam e então, tenham o direito de escolha para experimentar, se apropriar e gostar delas. Com A Cor.
De 13 a 21. Terças a domingos 10h às 12h e 14h às 16h

Biblioteca | Livre | Grátis

EMBALADA: EXPERIÊNCIAS ARTÍSTICAS PARA BEBÊS DE ATÉ 12 MESES E SUAS FAMÍLIAS
A partir de uma abordagem multissensorial, as famílias são convidadas a se relacionar com diferentes elementos da arte, em um espaço
montado especialmente para essa faixa etária. Toda  a proposta é acompanhada por música ao vivo, com repertório sempre em diálogo
com a atmosfera das ações. Tintas naturais de legumes e frutas são oferecidas para os bebês para que realizem suas pinturas.
Com Diana Tubenchlak, educadora e pesquisadora.
Público alvo: crianças até 6 anos.
Dia 20. Sábado, 10h30 às 12h e 15h às 16h30

Espaço de Tecnologias e Artes | 15 duplas (criança + adulto de referência) | Livre | Grátis
Inscrições no local, 1h antes. Atividade não sequencial.

 

Da Redação
Foto: Mawaca (Divulgação)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *