Dia da Consciência Negra: Sesc terá show, dança, sarau e oficina

No dia da Consciência Negra, celebrado na terça-feira (20), o público pode conferir apresentação de dança, música, sarau e até atividade de meio ambiente, na unidade do Sesc Jundiaí. Uma das atrações será o show do cantor e compositor Mateus Aleluia (foto) que nos brinda com sua música e ancestralidade africana. 

Às 15h, na área de convivência, a professora e bailarina Regina Santos apresenta as Danças Negras e sua musicalidade, sua artes e as relações da consciência corporal no contexto das danças afrodiaspóricas.

Às 15h30, o tópico é meio ambiente, é hora de falar de Composteiras Domésticas. Nesta oficina cada participante irá montar caixas para vermicompostagem, ou compostagem com minhocas, com dicas sobre como produzir adubo a partir dos resíduos orgânicos. Com Lara Teixeira Laranjo. É preciso se inscrever previamente. Inscrições na central de atendimento (Credencial plena:  a partir 6/nov e demais interessados: a partir de 14/nov).

Às 17h, na área de convivência, acontece o Sarauzim [Sarau Infantil], uma intervenção poética-literária voltada para crianças de 2 a 11 anos e para toda a família. Realizada pelo coletivo literário Mesquiteiros, cujo objetivo é que o público seja a atração principal do espetáculo, com poemas, músicas, marchinhas e apresentações, valorizando o improviso, a interação e a troca poética, artística e afetiva entre os presentes. Ao final, o encerramento é feito com uma grande ciranda de roda. Com Rodrigo Ciríaco e Mesquiteiros.

Fechando com chave de ouro o feriado, às 18h, no teatro, o cantor e compositor Mateus Aleluia nos brinda com sua música e ancestralidade africana. Nesse show intimista, o artista apresenta um repertório que combina canções presentes tanto no trabalho d’Os Tincoãs, como em seus dois álbuns solos, ‘Cinco Sentidos’ e ‘Fogueira Doce’. Multifacetado, Mateus Aleluia passeia entre temas da cultura afro-brasileira, do Candomblé e da filosofia. Suas composições já foram gravadas nas vozes de Margareth Menezes, Carlinhos Brown e Thalma de Freitas, João Gilberto, entre outros. Os ingressos são gratuitos e devem ser retirados uma hora antes do show.

Serviço

INTERVENÇÃO DE DANÇA

PULSÃO – DANÇAS NEGRAS

Dia 20. Terça, 15h

Área de Convivência | Livre | Grátis

OFICINA DE MEIO AMBIENTE

COMPOSTEIRAS DOMÉSTICAS

Nesta oficina cada participante irá montar caixas para vermicompostagem, ou compostagem com minhocas, com dicas sobre como produzir adubo a partir dos resíduos orgânicos. Com Lara Teixeira Laranjo.

Dia 20. Terça, 15h30 às 18h30

Sala Múltiplo Uso 1 | 15 vagas

Classificação: 12 anos | Grátis

Inscrições na Central de Atendimento (Credencial plena: 6/nov. Demais interessados: 14/nov)

SARAU

SARAUZIM [SARAU INFANTIL]

Intervenção poética-literária voltada para crianças de 2 a 11 anos e para toda a família. Realizada pelo coletivo literário Mesquiteiros, tem como objetivo que o público seja a atração principal do espetáculo, com poemas, músicas, marchinhas e apresentações, valorizando o improviso, a interação e a troca poética, artística e afetiva entre os presentes. Ao final, o encerramento é com uma grande ciranda de roda. Com Rodrigo Ciríaco e Mesquiteiros.

Dia 20. Terça, 17h

Área de Convivência | Livre

Grátis | Duração estimada: 50 minutos

SHOWS

MATEUS ALELUIA

Nesse show intimista, o artista apresenta um repertório que combina canções presentes tanto no trabalho d’Os Tincoãs, como em seus dois álbuns solos, ‘Cinco Sentidos’ e ‘Fogueira Doce’. Multifacetado, Mateus Aleluia passeia entre temas da cultura afro-brasileira, do Candomblé e da filosofia para, enfim, desaguar no amor. Suas composições já foram gravadas nas vozes de Margareth Menezes, Carlinhos Brown e Thalma de Freitas, João Gilberto, entre outros.

Dia 20. Terça, 18h

Teatro | 220 lugares | Livre

Grátis | Retirada de ingressos 1h antes, na Central de Atendimento.

Da Redação
Foto:Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *