Exposição na Pinacoteca resgata obra do jundiaiense Marcelo Camunhas

A Pinacoteca Diógenes Duarte Paes recebe nesta quinta-feira (04), às 19h, a estreia da exposição “Entre traços, ventos e sonhos”, que resgata a obra do arquiteto e artista jundiaiense Marcelo Camunhas, falecido em 2018. A exposição conta com as principais obras do acervo pessoal de Marcelo cedido pela família do artista e estará aberta para visitação até 28 de julho.

Arquiteto de formação e autodidata em artes plásticas, Camunhas tinha o desenho como forma de expressão desde pequeno. Em seus desenhos prevalecem figuras femininas e masculinas com corpos compridos e finos, olhos grandes e cabelos compridos, pássaros, corações e âncoras que retratam sentimentos básicos como paz, amor e liberdade. “Passarinhos voando, meninos e meninas com cabelos ao vento são coisas que não sei explicar bem, mas estão ligados ao desejo, à minha ânsia por liberdade”, comentou certa vez o artista.

Além da exposição, a Unidade de Gestão de Cultura (UGC) também homenageou o artista, ilustrando o programa artístico da temporada 2019 da Orquestra Municipal de Jundiaí (OMJ) com obras do artista.

Quem for à Pinacoteca poderá aproveitar o wi-fi gratuito Conect@ado, disponibilizado pela Companhia de Informática de Jundiaí (Cijun), e apreciar o acervo permanente do espaço, e quadros do artista Inos Corradin e do aquarelista Diógenes Duarte Paes.

A Pinacoteca faz parte do Centro Jundiaiense de Cultura Josefina Rodrigues da Silva (Jorosil), que fica na rua Barão de Jundiaí, 109, Centro, e seu horário de funcionamento é de terça a sexta-feira, das 10h às 17h e, aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 16h. Mais informações podem ser obtidas no telefone (11) 4586-2326.

 

Da Redação
Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *