Cacá Carvalho retorna ao Sesc Jundiaí com peça inédita

O ator Cacá Carvalho retorna ao palco do Sesc Jundiaí com a peça inédita “A Próxima Estação – Um espetáculo para ler”, escrito pelo premiado autor italiano Michele Santeramo, após a montagem em 2015 de “2 x 2 = 5 O Homem do Subsolo”, de Fiódor Dostoiévski (1821-1881).

A versão brasileira de “A Próxima Estação – Um espetáculo para ler”, encenado na Itália pelo próprio autor no início de 2015, com excelente repercussão crítica, chega a Jundiaí neste sábado (2), às 19h, e no domingo (3), às 18h. Os ingressos já estão à venda nas bilheterias e no site do Sesc.

Desta vez, o homem e sua crise em viver – centro do interesse artístico de Cacá Carvalho -, está centrada no casal Violeta e Massimo que, juntos repassam o curso de suas vidas em seis estações, marcadas por intervalos de uma década, ao longo de 50 anos, de 2015 a 2065.

O espetáculo pontua as alterações deste percurso comum aos dois, os pequenos e grandes embates do relacionamento, as modificações de seus desejos, a expressão da ternura, a maneira como eles se divertem, a inata delicadeza e as adaptações que terão de enfrentar impostas pelo novo modo de vida de um futuro fictício, no qual pulsações profundas, desejos e paixões se deslocam no tempo.

Para tratar do futuro contendo o tempo presente, o autor concebeu o texto teatral para, como explicita o subtítulo, ser lido. Cacá Carvalho sobe ao palco acompanhado de dois protagonistas, criados pela artista plástica e performer italiana Cristina Gardumi a partir do estudo do texto de Santeramo.

Para traduzir em desenhos a história de 50 anos de vida de Violeta e Massimo, Cristina criou criaturas humanas animalizadas ou animais humanizados com traços de extrema delicadeza, unindo gestualidade teatral, emoções e profundos impulsos. O diálogo, portanto, não é encenado, mas lido pelo ator. Legendas acompanham os desenhos projetados em um painel, e desempenham um papel fundamental para que se estabeleça o jogo teatral: Projetadas com legendas, são lidas pelo espectador, criando um fluxo de diálogo entre o espectador, a página escrita e a mediação evocativa da voz do ator.

“As imagens que acompanham o texto têm um papel vital de mostrar a fisicalidade dos personagens, num “espetáculo para ler”, onde não há atores, apenas caracteres que se comunicam através da voz de um único narrador”, define Cacá.

Ele também acredita que o espetáculo possui uma interação que “é o combustível do teatro, uma relação entre o espectador e aquele que está se fazendo ver e, nesse sentido, qualquer fonte é válida, conhecida ou não, desde que funcione ali, diante do público”, completa Cacá.

Serviço:

A Próxima Estação – Um Espetáculo Para Lercom Cacá Carvalho

Dia 2/12. Sábado, 19h.

Dia 3/12. Domingo, 18h.

Ingressos: Inteira – R$ 17; Meia – R$ 8,50; Credencial Plena – R$ 5,00

Mais informações em www.sescsp.org.br/jundiai

 

Da Redação
Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *