“Os Beatles foram revolucionários e criativos”, diz Gabriel Thomaz do Autoramas

Vocalista e guitarrista do Autoramas compartilha a influência dos Beatles em sua vida e na formação musical

 

O repertório inicial dos Beatles, nos primeiros anos da década de 60, será relembrado na noite desta sexta-feira (20), no ginásio do Sesc Jundiaí, pelos músicos da banda Autoramas e por Fernanda Takai, vocalista do Patu Fu. A apresentação faz parte do projeto Beatles Sesc que vai até 26 de agosto com shows, atividades e bate-papo sobre a obra criada por John, Paul, George e Ringo. Ainda há ingressos.

 

Rock, diversão e velocidade fazem parte das músicas da banda Autoramas, formada em 1998 e considerada uma das principais bandas na cena musical independente brasileira que soma 7 álbuns 2 DVDs, apresentações em todos estados brasileiros e turnês por vários países como Inglaterra, Estados Unidos, Japão, Bélgica, Peru, Alemanha, Argentina Portugal, Espanha, França, Áustri, Finlândia, México, entre outros.

 

Gabriel Thomaz (vocal e guitarra), Erika Martins (vocal, guitarra, teclado e percussão), Jairo Fajer (baixo) e Fábio Lima (bateria) receberam a missão de, juntamente com Fernanda Takai, levar ao público de Jundiaí e Região as canções que marcaram o início da trajetória dos Beatles.

 

Em entrevista ao Portal Acontece Jundiaí, Gabriel Thomaz comenta sobre a missão de interpretar os sucessos do grupo. “Estamos felizes em participar do Beatles Sesc e de tocar as músicas da fase que apresentou os Beatles para o mundo como uma grande novidade. É a fase considerada mais ‘crua’, mas com muita melodia, um repertório maravilhoso que conheço desde a barriga da minha mãe porque meus pais sempre foram grandes fãs de Beatles”,afirma.

 

Gabriel cresceu em um ambiente cercado pelos discos dos Beatles. “Quando conheci o rock, os discos estavam lá me esperando com um repertório tão vasto, tão maravilhoso. São canções inspiradoras e tão revolucionárias que é bom ir digerindo aos poucos, assim como o mundo foi digerindo aos poucos cada lançamento deles”, observa.

 

Para Gabriel, o convite para participar do Beatles Sesc surgiu semana após o retorno da b anda de sua 16ª turnê europeia, divulgando seu oitavo álbum, ‘Libido’. “Curiosamente passamos pela Liverpool dos Beatles foi uma grande emoção chegar lá, levados por nossa música, para tocar no Liverpool Sound City. Foi incrível. Quando cheguei lá, tirei uma foto e mandei para minha mãe”, comenta.

 

Na opinião de Gabriel, o legado de Beatles é fortíssimo na formação dos músicos que vieram após o fenômeno britânico. Ele exemplifica que a influência deles existe desde quem estudou música clássica até quem toca heavy metal. “Eles foram inovadores, originais, tiveram ideias que nunca haviam sido usadas valorizaram toda essa criatividade em uma época em que havia incentivo e não repressão como ocorreu antes. Eles usaram isso com extrema liberdade e isso é algo que tento trazer para minha carreira”, explica.

 

Sobre o show em parceria com a Fernanda Takai, ele conta que conhece a vocalista da banda mineira Patu Fu há mais de 25 anos. “Nos conhecemos em um show da minha antiga banda o Little Quail And de Mad Birds,em Belo Horizonte, na época em que o Pato Fu lançava seu primeiro disco e nós não havíamos lançado nenhum. Ela é muito criativa, bem humorada e gostamos muito de estar com ela. Esta será a primeira vez que tocaremos juntos e acho que vai ser o maior barato. Agradecemos ao Sesc Jundiaí e por todos que nos escolheram.”

Ellen Fernandes/Foto: Divulgação

Serviço

Dia 20. Sexta, 20h30

Duração estimada: 90 minutos

Ginásio | 800 lugares

Ingressos R$ 5,00 (credencial plena), R$ 8,50 (meia) e R$ 17,00 (inteira)

Venda limitada a 2 ingressos por pessoa

Classificação 16 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *