31º Encontro de Corais terá oficinas on-line e apresentações em grupos

Além da programação com apresentações em grupos, a 31ª edição do Encontro de Corais de Jundiaí contará com oficinas temáticas gratuitas, transmitidas nos canais da Unidade de Gestão de Cultura (UGC) no Facebook e no YouTube. As oficinas serão abertas ao público interessado, sem a necessidade de inscrição prévia. O primeiro encontro está marcado para quarta-feira (09), a partir das 19h, e terá como tema “Projetos de Canto Coral em Comunidades – Como Conciliar o Artístico e o Social”. Com mediação do diretor de Cultura, João Carlos De Luca, as convidadas especiais do bate-papo são as regentes Maria José Chevitarese e Silmara Drezza. A abertura do Encontro, às 20h, fica por conta do Coral Municipal de Jundiaí na sequência.

Maria José é professora titular de Canto Coral e diretora da Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Por conta de projetos de inclusão sociocultural por meio do canto coral, foi premiada inclusive pelo Ministério da Educação. Já Silmara é regente e é formada em licenciatura plena em Música (pela Faculdade de Música Carlos Gomes) e Piano (pelo Instituto Gomes Cardim-Campinas), além de formações nos Estados Unidos, França e Venezuela.

A oficina seguinte será realizada no sábado (12), das 18h às 19h, sobre Técnica Vocal Infantil “Brincando com a Voz”, com Juliana Melleiro. A regente é mestra e doutora em Música pela Unicamp e licenciada em Educação Musical pela Unesp, teve participações em coros do Instituto Baccarelli e OSESP, além de aperfeiçoamentos nos Estados Unidos, Chile e Argentina.

A última oficina será sobre técnica e expressão vocal e será realizada na noite de encerramento do Encontro, no domingo (13), das 18h às 19h. A oficina será ministrada por Joana Mariz, que é preparadora vocal e cantora, professora de Canto Erudito e Popular, especialista em Voz pela Puc-SP e doutora em Performance Vocal pela Unesp, com especialização na Suécia, e coordenadora da primeira pós-graduação brasileira em Pedagogia Vocal, na Faculdade Santa Marcelina.

 

Da Redação

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *