O intenso e inigualável sabor da pimenta

“No meu temperamento

Tem um pouco de pimenta;

Não é todo mundo que gosta;

E nem todo mundo que aguenta.”

                        Clarice Lispector

Minha coluna hoje é picante e quente. Vou falar sobre pimenta, é claro…

A relação com a pimenta pelos amantes da gastronomia, antes relegada praticamente às regiões Norte e Nordeste, hoje ganhou força e expressividade em todo o território nacional.

Além de produzir um sabor intenso e inigualável, dá cor e aroma aos pratos. Pode ser considerada  uma erva ou especiaria, apesar de muitos de nós a tratarmos como condimento.

Somos o país dos refogados  e não existe um original se não lhe for acrescentada uma pitada de pimenta. Quer preta, vermelha, em pó ou em grão, faz parte da nossa gastronomia e ocupa um lugar de destaque na nossa cultura.

Depois do sal, é o condimento mais utilizado no mundo e encontrado em quase todos os lugares atualmente.

Tipos mais utilizados no Brasil:

Pimenta Biquinho

É uma pimenta arredondada, que termina com uma ponta praticamente fazendo um bico, que justifica seu nome — possui cor vermelha quando está madura.

Seu sabor é levemente adocicado, com seu grau de picância  suave e aromas incríveis.

Pimenta Dedo-de-Moça

É uma das pimentas brasileiras mais conhecidas e populares, sendo por este motivo, bastante utilizada no preparo de diversos pratos. Possui fruto com formato alongado e curvo, com coloração vermelha intensa.

Não é muito aromática e sua picância é média, podendo ficar ainda mais suave ao se retirar suas sementes.

Pimenta Cumari

Essa pimenta é bastante picante e tem o final um pouco amargo.

Seu fruto costuma ser arredondado ou ovalado, e sua coloração varia do amarelo ao vermelho intenso, sendo esta última, mais difícil de ser encontrada.

Pimenta de Bode

Possui alta picância  e aroma forte. Seu fruto é arredondado ou achatado e sua coloração pode ser verde quando imatura, ou amarela e vermelha quando madura.

Pimenta Malagueta

Bastante conhecida e utilizada, é também uma das pimentas brasileiras mais cultivadas. Seu formato é alongado e sua coloração vai do verde, quando imatura, ao vermelho quando madura.

É extremamente picante e, por isso, também costuma ser muito temida, mas ao ser usada com parcimônia, certamente resulta em sabores muito estimulantes.

Pimenta Rosa

A pimenta rosa é um fruto de uma árvore batizada de aroeira. Originária da América do Sul, o sabor desse tempero é adocicado e perfumado.

A combinação com carnes, grelhados e pratos com queijos é muito apreciada e recomendo que você tente.

Pimenta do Reino

A pimenta-preta, também conhecida como pimenta-redonda e, no Brasil, como pimenta-do-reino, é uma das mais antigas especiarias conhecidas. Os seus grãos, secos e moídos, são muito usados na culinária de diversos países.

A diferença entre a moída na hora e aquela vendida já em pó é que, uma vez moída, vai perdendo o seu sabor e seu aroma, além de ser prejudicial ao estômago e ao intestino, sem contar que o sabor fica totalmente diferente de quando é moída na hora. O ideal é você ter um moedor de pimenta que possa ir à mesa, além de ser um charme.

 

Veja a seguir uma receitinha delícia para acompanhar queijos, torradas, carne de porco, acompanhada de  um bom vinho.

 

Geleia de pimenta com maçã

Ingredientes:

½ quilo de maçã fuji descascada e cortada em cobinhos

1 xíc. e meia de água

¾ de xíc. de vinagre branco

10 pimentas dedo-de-moça cortadas em pedaços pequenininhos, sendo 3 com semente

1 xíc. + 1 colher de sopa de açúcar branco refinado

Modo de preparo:

Em uma panela  adicione 1/2 quilo de maçã fuji descascada e cortada em cubinhos, junto com um pouco da água, 3/4 de xíc de vinagre branco e 5 pimentas dedo-de-moça cortadas em pedaços pequeninhos, sendo 3 com semente e as outras 2 sem semente. Deixe fervendo em fogo baixo, mexendo de vez em quando até que as maçãs estejam bem  macias. Vá colocando a água  aos pouquinhos para não ficar seco,  já fora do fogo, amasse bem as maçãs até que fique como uma papinha. Passe  essa mistura por  uma peneira fina, coe bem para que todo o líquido saia da mistura,  vai  render mais ou menos 1 xíc. de líquido.  Quando coar um pouco da maçã amassadinha vai passar e isso é ótimo para dar ponto na textura.

Coloque a mistura coada em uma panela e em fogo baixo adicione 1 xícara + 1 colher de sopa de açúcar branco (de preferência refinado) e mais 5  pimentas cortadinhas bem pequeninhas sem semente, para deixar os pedacinhos. Mexer de vez em quando até começar a engrossar. Desligue o fogo e deixe esfriar. Coloque em vidro esterilizado para armazenar.

Adriana Zutini

Adriana Zutini

É fotógrafa desde que nasceu... Capturar almas sempre foi seu foco, mesmo que sem uma câmera nas mãos. Louca por viajar e cozinhar. Se formou em gastronomia e caminha pelos aromas e texturas. É agitadora cultural e preside o Gabinete de leitura Ruy Barbosa. Dividirá dicas de gastronomia de maneira leve, com receitas e fotos.

One thought on “O intenso e inigualável sabor da pimenta

  • Novembro 29, 2017 at 1:53 am
    Permalink

    Adorei .
    Parabéns… e sucesso amiga .
    A pimenta vem tomando espaço mesmo na nossa culinária.
    Adorei a matéria.
    Beijão

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *