Rock na Teia: Muito mais que uma web rádio

Da paixão por programas de rádio e pela música, inspirado por um projeto de rádio web em um trabalho, Glauco Chaves e Felipe Soares tiveram a ideia de criar a Rock na Teia, uma rádio web dinâmica, interativa e moderna que se consolidou no ‘dial digital’ e impulsionou o lançamento de novos produtos como cerveja, pimenta, cachaça, entre outros.

Parceira do Acontece Jundiaí, a Rock na Teia foi batizada com esse nome por causa da antiga banda de Glauco, a lendária Viúva Negra que tinha como slogan “Viúva Negra: Rock na Teia”. Além da web, a novidade é que agora a rádio também pode ser acessada pelo aplicativo gratuito Rock na Teia disponível pelo IOS (Iphone) e Google Play (Android). “É só baixar e ouvir a Rock na Teia onde você estiver, no chuveiro, em casa, no trabalho”, detalha Glauco Chaves.

A interação com os ouvintes é um dos diferenciais da web rádio já que é possível pedir música, mandar seu recado, elogios, críticas, uma foto com um dos produtos da linha Rock na Teia e sugestões. Pelo site, as bandas autorais também podem enviar o material para divulgar seu trabalho e ter seu som incluído no repertório elaborado especialmente por Glauco.

“Brinco que a rádio é a minha jukebox porque todas as músicas que tocam na rádio eu tenho na minha coleção pessoal. O repertório é baseado no meu gosto pessoal, mas sem preconceitos ou saudosismos. Toco muita música nova porque o mercado musical tem novidades a todo o momento”, comenta Glauco. Quanto aos pedidos , ele diz que é feita uma análise para verificar se está dentro do contexto da rádio. Além do site, a Rock na Teia também está no Facebook e no Instagram.

Dinâmica, interativa e moderna, as vinhetas da Rock na Teia são uma atração à parte com a participação de artistas famosos como Rita Lee, Titãs, Velhas Virgens, entre outros. Glauco conta que a ideia surgiu para tornar a marca Rock na Teia conhecida e também valorizar os músicos brasileiros.

“Adoro rock nacional desde sempre então, na minha visão, o ideal é dividir o espaço com músicas internacionais e também destacar a produção nacional de bandas conhecidas e das novas. Rita Lee foi a primeira convidada a gravar uma vinheta. Entrei em contato com o marido dela, o Roberto de Carvalho, pelo Facebook e no dia seguinte ela já estava pronta. Foi demais! Ela foi super simpática e atenciosa, adoro o trabalho dela. A partir daí convidei outros músicos como Os Titãs, Velhas Virgens. É um diferencial”, diz.

Além das vinhetas com artistas, há ainda personagens criados por Glauco para ‘quebrar o gelo’ e animar os ouvintes. Segundo ele, cerca de 80% das pessoas que ouvem a rádio web estão no trabalho, usando fone de ouvido. Os demais são fãs de rock, gostam da seleção musical. “Então quis evitar a locução e comerciais, optando por vinhetas curtas e diferentes, levando a música para inspirar, promovendo a interação e focando na marca”, relata.

Além da rádio web, a Rock na Teia também tornou-se uma linha de cerveja com dez tipos diferentes, pimenta e cachaça
Além da rádio web, a Rock na Teia também tornou-se uma linha de cerveja, desenvolve pimentas e cachaça

E por falar em marca, além da rádio web, a Rock na Teia também tornou-se uma linha de produtos. “A rádio tem um custo por isso surgiu a ideia de lançar a cerveja Rock na Teia. Procurei as cervejarias para fazer parcerias e após alguns ‘nãos’, a Dortmund, de Serra Negra, ‘ comprou a ideia e daí surgiu a primeira: Punk Rock Pilsen”, comenta.

A Rock na Teia Beer conquistou o mercado e o público e atualmente já são dez tipos de cerveja. “A cerveja é o grande negócio da Rock na Teia, mas não é o negócio. É a rádio e a marca Rock na Teia”, destaca Glauco. E a partir daí surgiu a ideia de criar a pimenta em parceria com a Sabor das Índias e Fogo Mineiro e a cachaça, com a Vinícola Castanho. “Os produtos são top de linha, com produção gourmet e todos resultados de parcerias bem sucedidas” avalia. Destaque para a parte visual que também transmite nos rótulos dos produtos a essência da Rock na Teia com desenhos irreverentes como as caveiras, identidade visual da marca. Os desenhos são feitos por Adalberto “Toquinho”.

Dinâmico, assim como a marca que criou, Glauco pretende expandir a linha de produtos com chocolates, vinhos, vodkas. “As ideias surgem. Só dependem de parcerias. Brinco que a Rock na Teia só vai parar quando tiver a própria linha de carros da Volkswagen. Assim como existe a linha do festival Rock in Rio, eu sonho com a linha Rock na Teia”, compartilha Glauco. Para saber mais sobre a Rock na Teia, acesse o site.

Ellen Fernandes
Fotos:Divulgação

One thought on “Rock na Teia: Muito mais que uma web rádio

  • Setembro 24, 2018 at 3:16 pm
    Permalink

    Cerveja sensacional e cachaça maravilhosa!!! Indico e consumo com frequência! Ass . Tiquinho

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *