Mesa Brasil comemora 1º ano de Sesc Jundiaí com cerca de 216 toneladas de alimentos doados

Com a missão de combater a fome e o desperdício de alimentos, o Mesa Brasil celebra um ano de Sesc Jundiaí.  O programa de segurança alimentar iniciou suas atividades na cidade em 28 de maio de 2019. Desde então, os caminhões coloridos do Mesa chamam a atenção e ganham diariamente as ruas de Jundiaí e região espalhando solidariedade.

A rotina intensa começa cedo, realizada por uma equipe que, de segunda a sexta, desenvolve ações conjuntas ao selecionar, coletar e transportar uma variedade de alimentos doados por empresas parceiras e entregá-los nas instituições sociais cadastradas.

Pela manhã, a partir de um roteiro predefinido, o time composto por uma dupla de motoristas e de ajudantes gerais sai às ruas a bordo dos dois veículos refrigerados da unidade para realizar a colheita urbana – retirando junto aos parceiros doadores alimentos que já não possuem valor comercial, mas que ainda são próprios para o consumo. Enquanto isso, a equipe administrativa monitora, por meio de telefone e de aplicativos de celular, a quantidade e as características dos alimentos recebidos, a fim de definir, com base nas necessidades das instituições sociais, como se dará essa distribuição. No período da tarde, ocorre a entrega das doações nas entidades, tais como creches, abrigos e centros de acolhida.

O desafio dos primeiros passos

Somando mais de duas décadas de história no estado de São Paulo e com presença em todo o país, o Mesa Brasil é sempre muito bem recebido nas cidades onde atua. Mas sua implantação não deixa nunca de representar um desafio inicial para a unidade que o acolhe, e com o Sesc Jundiaí não foi diferente.

Afinal, no começo, é preciso apresentar a iniciativa às empresas e às instituições para formar parcerias e começar a tecer, no novo território, a rede de solidariedade que faz o programa acontecer.

Pouco a pouco, as barreiras vão sendo transpostas de e-mail, de ligação em ligação, de reunião em reunião, e vão dando lugar a um ambiente de cooperação que se traduz na empatia das empresas e na receptividade das entidades sociais.

A pandemia

Embora a unidade permaneça fechada para evitar a propagação do novo coronavírus, o Mesa Brasil continua atuando, em regime especial, na coleta e distribuição de alimentos, principalmente frutas, legumes e verduras. Produtos de higiene pessoal e limpeza foram incluídos na lista com o intuito de estender a iniciativa a um número maior de pessoas atingidas pela crise da Covid-19.

Vale ressaltar que para o recolhimento e distribuição dos alimentos, os funcionários foram treinados e estão sendo seguidas as normas de higienização recomendadas pelo Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Tudo é feito com segurança, a fim de preservar a saúde da equipe do programa e dos envolvidos das empresas doadoras e instituições sociais atendidas. A equipe trabalha com máscaras, luvas, toucas, aventais e constante higienização das mãos. As caixas dos alimentos, a cabine e o baú do caminhão também são higienizados diariamente”, explicou a nutricionista Fabiola Freire, coordenadora do Mesa Brasil no Sesc Jundiaí.

“Foi um ano de mobilização e conscientização de todos – equipes e parceiros. E o resultado foi muito positivo! Recebemos a confiança das empresas da região e sentimos o engajamento das instituições sociais nessa corrente de solidariedade contra a fome. Queremos poder continuar somando forças nesse combate ao desperdício de alimentos e à insegurança alimentar e comemorar resultados cada vez melhores, contando sempre com a empatia e a responsabilidade social dos envolvidos.”, ressaltou a coordenadora do Programa.

Números que alimentam

Os números expressivos do Mesa Brasil neste primeiro ano de Sesc Jundiaí mostram que há muito o que comemorar:

– Doou cerca de 216 mil quilos de alimentos, que antes seriam descartados

– Complementou a alimentação de mais de 5000 pessoas/mês em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar, que são atendidas por 34 instituições sociais dos municípios de Jundiaí, Várzea Paulista, Campo Limpo Paulista e Louveira

– Conquistou 64 doadores (sendo 17 empresas e 47 bancas do Ceasa) comprometidos com essa rede de combate ao desperdício

– Realizou 10 ações educativas que capacitaram e desenvolveram mais de 400 participantes

No período da pandemia (abaixo)

– Ampliou o atendimento às instituições que atendem famílias, totalizando 42 entidades que beneficiam 4229 pessoas e 602 famílias

Seja um parceiro doador ou uma instituição beneficiada

As empresas interessadas em doar alimentos ou itens de limpeza e higiene, podem entrar em contato com a equipe do Mesa Brasil do Sesc Jundiaí.

Já a instituição social que tiver interesse em receber as doações, precisa atender aos critérios do programa, além de possuir a documentação necessária. Após essa etapa, uma visita técnica poderá ser agendada, a fim de avaliar e finalizar o cadastro da entidade.

O e-mail para contato é: mesa@jundiai.sescsp.org.br

 

Da Redação

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *