Flavia Thaína encena texto de Cidinha da Silva no Solilóquios

Nesta quinta (20), às 20h, o projeto Solilóquios, do Sesc Jundiaí, recebe a atriz, diretora e professora de teatro Flavia Thaína, que interpreta um trecho da impactante peça ‘Engravidei, pari cavalos e aprendi a voar sem asas’, da escritora Cidinha da Silva.

O texto nasceu a partir do depoimento de mulheres de diferentes profissões e camadas sociais. A obra traz à tona histórias que envolvem violência masculina, sexo, traumas psicológicos e sobrevivência, além de transitar por temas como afetividade, família, casamento, solidão, beleza e igualdade. Para conferir a apresentação, acesse as redes do Sesc Jundiaí (Instagram Facebook Youtube).

Sobre a peça

“‘Engravidei, pari cavalos e aprendi a voar sem asas’… só o nome da obra já me causou um impacto. Ao pesquisar, assistir a versão do grupo Os Crespos, ler a obra oito vezes, me reconhecer naquelas mulheres, me estremecer com as falas potentes e tão devastadoras desse espetáculo incrível, me deparei com a imensa dificuldade em escolher um trecho, sintetizar alguma coisa. Morta por dentro com a escolha, me enchi de coragem e recortei uma das incríveis mulheres da Cidinha da Silva e trouxe para fora com todo meu coração um pequeno trecho dessa obra que tanto me arrepia e fortalece”, comenta Thaína.

Sobre a atriz

Flavia Thaína é atriz com 20 anos de atuação na área de teatro e cinema. Artista jundiaiense, fundadora da Cia. Um do Outro de Teatro, ela atua também como diretora, preparadora corporal e professora de teatro.

Pesquisadora das artes cênicas, acumula experiências em workshops e cursos em diversas áreas e com profissionais como: grupo LUME (Campinas), grupo MEU CLOWN (Paraná), diretor Heraldo Pêra Rizo (São Paulo), ator e palhaço Avner o Excêntrico (EUA), grupo MOTOTOTI (Porto Alegre), ator Reinaldo Dutra (Rio de Janeiro), grupo BARRACÂO (Campinas), cia. HIATO (São Paulo) entre outros, somando mais de 50 workshops.

Sobre o projeto

Um recorte da dramaturgia brasileira produzida atualmente é o foco dessa 2ª edição de Solilóquios, projeto do Sesc Jundiaí lançado em outubro de 2020, que busca difundir a arte do teatro. Todas as quintas, às 20h, um espetáculo novo vai ao ar.

Confira a agenda completa de Solilóquios – 2ª edição:

20/5 – Engravidei, pari cavalos e aprendi a voar sem asas, dramaturgia de Cidinha da Silva, com Flávia Thaína

27/5 – A nau dos loucos, dramaturgia de Luís Alberto de Abreu, com André Farias

3/6 – Caim, dramaturgia de Dione Carlos, com Luan Silva

10/6 – Cena para Vivi, dramaturgia de Tábata Makowski, com Vivi Masolli

Da Redação
Foto:Divulgação/SescJundiaí

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *