4ª edição do Festival Sesc de Música de Câmara vai até dia 26/06

Com realização bienal pelo Sesc São Paulo desde 2014, a 4ª edição do Festival Sesc de Música de Câmara acontece entre os dias 9 e 26 de junho. O evento reúne em 2022, 34 concertos, 8 ações educativas, um conjunto estrangeiro, dois conjuntos mistos e cinco conjuntos brasileiros em unidades do Sesc e outros espaços em São Paulo e no Interior. Na Grande São Paulo acontece no Sesc Consolação, em Guarulhos e em Mogi das Cruzes. No Interior, em Sorocaba, Jundiaí e Ribeirão Preto. A programação completa está disponível em www.sescsp.org.br/musicadecamara

Confira alguns destaques da programação no Sesc Jundiaí:

Ilumina Music (Brasil/Colômbia/Dinamarca/Estados Unidos)

Uma comunidade de artistas inovadores com uma missão social transformadora, o ensemble de cordas Ilumina Music foi fundado em 2015 pela violista Jennifer Stumm. O projeto une jovens músicos da América do Sul para tocar lado a lado com instrumentistas de carreira internacional, além de apoiá-los em audições para as melhores escolas de música do mundo. O inventivo e variado programa que tocam no Festival inclui a estreia da obra Iluminuras, de André Mehmari, composta especialmente para a ocasião. Outro aspecto é a escolha de peças de compositores e compositoras que propõem discussões extramusicais politicamente engajadas.

12/06, domingo, 18h Sesc Jundiaí
R$30 / [] R$15 / • R$9

Carion (Dinamarca)

Fundado em 1997 por músicos de sopros (flauta, oboé, clarinete, trompa e fagote), o Carion surgiu com o objetivo de fazer música de câmara de uma maneira inventiva. Seus músicos tocam de pé, memorizam as peças e se movimentam pelo palco, buscando aproximar artistas e público. O programa que interpretam vai do século XIX ao XXI e inclui um arranjo de Corta-Jaca de Chiquinha Gonzaga, encomendado pelo Festival ao compositor Rodrigo Morte.

11/06, sábado, 19h Sesc Jundiaí
R$30 / [] R$15 / • R$9

Maogani (Brasil)

Completando 25 anos em 2022, o quarteto de violões Maogani é um dos principais grupos instrumentais do Brasil. A maioria de seus sete discos conta com participação de grandes nomes da música popular brasileira, como Leila Pinheiro, Joyce e Mônica Salmaso. Seu repertório, baseado na música popular e feito com um caráter camerístico particular e próprio do Brasil, vai de Villa-Lobos e Ernesto Nazareth a Gilberto Gil e Milton Nascimento.

09/06, quinta, 20h Sesc Jundiaí
R$30 / [] R$15 / • R$9

Sampaensemble (Brasil)

Formado especialmente para o Festival Sesc de Música de Câmara 2022, o Sampaensemble é constituído por músicos que atuam em algumas das mais importantes instituições musicais paulistanas. Explorando combinações instrumentais menos frequentes, o grupo interpreta diferentes trios combinando voz, piano, clarinete, flauta e violoncelo e explora a fusão da música instrumental e vocal, nas quais a canção de câmara ocupa um lugar de destaque. Com Bruno Ghiradi, Heloísa Meirelles, Joyce Tripiciano, Renan Mendes e Ricardo Ballestero.

19/06, domingo, 18h Sesc Jundiaí
R$30 / [] R$15 / • R$9

São Paulo Chamber Soloists (Brasil), Gabriele Leite (violão) e Cristian Budu (piano)

Fundada em 2020, a orquestra de cordas São Paulo Chamber Soloists (SPCS) reúne 14 solistas com ampla experiência internacional e enfatiza em seu repertório compositores brasileiros, latino-americanos e pertencentes a grupos minorizados. Tocando em pé e sem regente, SPCS interpreta o Concerto n.3 de Beethoven em versão para quinteto de cordas e piano (com Cristian Budu) e estreia uma obra de João Luiz Rezende Lopes para violão e cordas, com solos de Gabriele Leite. Aline Santini dirige o espetáculo.

16/06, quinta, 20h Sesc Jundiaí
R$30 / [] R$15 / • R$9

Quarteto Carlos Gomes (Brasil)

O Quarteto Carlos Gomes tem como objetivo a divulgação da música brasileira, latino-americana e a música de nosso tempo, além do amplo repertório composto para o gênero. O grupo realiza constante trabalho de pesquisa, recuperando material nunca gravado e muitas vezes nunca executado. Além de Villa-Lobos (em comemoração ao centenário da Semana de Arte Moderna), o grupo interpreta Meneleu Campos e faz a estreia de uma obra do paulistano Alexandre Lunsqui escrita sob encomenda para a quarta edição do Festival.

23/06, quinta, 20h Sesc Jundiaí
R$30 / [] R$15 / • R$9

Baderna Moderna (Brasil)

“Tem música nos meus olhos.”

Baderna Moderna é um núcleo multilinguagem que nasceu com o propósito de apresentar a música contemporânea em um formato diverso do conceito de concerto tradicional. Seus integrantes são parceiros de longa data que se uniram para promover a criação de espetáculos associados a outras linguagens artísticas. Concebido especialmente para o Festival, Tem música nos meus olhos é um espetáculo voltado especialmente para crianças e famílias, combinando música e dança numa experiência rica para todas as idades.

26/06, domingo, 16h Sesc Jundiaí
R$24 / [] R$12 / • R$7 / Grátis para crianças até 12 anos.

SERVIÇO:
Festival Sesc de Música de Câmara
Sesc Jundiaí
Av. Antônio Frederico Ozanan, 6.600
Jardim Botânico, Jundiaí (SP)

Da Redação
Foto:Divulgação/Sesc Jundiaí 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *