Violeiro Fabio Porte apresenta live ‘Coração Caipira’ neste sábado (07)

Com mais de 18 anos de estrada e três álbuns lançados, o violeiro Fabio Porte apresenta neste sábado (07/11) , às 20h, a live do Projeto Coração Caipira – Memórias de Viola  no  Youtube

da Locomotiva Produção Cultural. Mais que um show de música caipira, a apresentação compreende a demonstração da história da cultura caipira, em seus ícones, causos e ponteados.

No Projeto Coração Caipira – Memórias de Viola, Fabio Porte  exalta e relembra a cultura caipira através de apresentação-aula em linguagem discursiva-cênico-musical, demonstrando ao público o desenvolvimento histórico e social de expressão tipicamente paulista, mas nacional e latino-americana. O violeiro conduz o público pela memória coletiva paulista numa experiência de autoconhecimento.

O repertório segue o desenvolvimento cronológico da música caipira, trazendo desde os primeiros sucessos, como “Jorginho do Sertão”, no início do mercado fonográfico, passando pela Era de Ouro das duplas caipiras, como “Moreninha Linda”, até o desenvolvimento profissional e internacional da viola caipira, com “Chalana”, Almir Sater e Renato Teixeira.

Mais que um show de música caipira, a apresentação de Fabio Porte compreende a demonstração da história da cultura caipira, em seus ícones, causos e ponteados.

Trajetória

Fabio Porte Herdou o primor musical e a viola de seu pai, formando seu repertório com o que há de melhor na música tradicional brasileira. Em seu show “Trilhos da Vida”, presenciamos a interpretação dos gigantes de nossa tradição musical executados em quarteto (viola caipira, violão, contra baixo e percussão): Almir Sater, Renato Teixeira, Rolando Boldrin, Paulinho Pedra Azul, Luiz Gonzaga, Tião Carreiro, Alceu Valença, Jair Rodrigues, Gilberto Gil, entre outros.

Entre os chorões, sua formação musical se destacou ao perceber que o Brasil rural e sertanejo guardados na tradição violeira poderiam gerar algo novo – a excepcionalidade dos nossos melhores
choros ganharam mais melodia e doçura com a introdução da viola caipira. Em seu mais recente projeto, Fabio Porte mergulhou nas composições do chorão Ernesto Nazareth, “o
pianeiro: pianista que levou o ritmo amaxixado do morro carioca para os salões da cidade”.  Este “Choro Caipira” recupera as joias do primeiro movimento musical urbano genuinamente brasileiro, permitindo ao público conhecê-lo melhor por meio do elemento tradicional da viola. Para saber mais sobre o trabalho de Fabio Porte, acesse o site

Ficha Técnica do Projeto Coração Caipira – Memórias de Viola exalta
Voz e viola: Fabio Porte
Violão: Marcelo Franco
Baixo: Nakarato
Percussão: Rodney Trindade
Direção: Fabio Porte
Produção: Locomotiva
Produtor: Gustavo Diniz
Produtor Executivo: Luan Vitor
Auxiliar de Produção: Vitória Bredoff
Cenografia: Daniela da Camara
Audiovisual: Tati Silvestroni
Design: Carol Oliveira

Da Redação
Fotos: Divulgação/ Tercio Esperandio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *